Anúncios

Posts Tagged ‘multiculturalidade’

::Let us live how we dance – Vivamos como dançamos::

03/11/2017

Vocês adoram esse comercial tanto quanto eu?!?

E a cantora é uma menina francesa de 25 anos, a Jain. Olhem a versão original da música dela, que demais!

Anúncios

::O Brasil já ganhou com a Copa::

01/07/2014

A contar pelas inúmeras reportagens que aparecem o tempo todo na tevê alemã, o Brasil já ganhou com a Copa. Mostram um país tão diverso, tão alegre e tão apaixonante, com paisagens tão lindas, exploram cada canto do nosso Brasil e colocam tanto mel na boca dos telespectadores, que fica difícil deixar de associar o país a um destino dos sonhos. A cada reportagem, fico feliz pelo rumo que a Copa tomou e um tiquinho mais orgulhosa do meu país.

Sim, temos agora a oportunidade de festejar a diversidade junto de metade do planeta que assiste esta festa. Apostando no(s) nosso(s) time(s) do coração, podemos comemorar com o outro e conosco mesmos toda a beleza do mundo, a começar, claro, pela beleza de alguns jogadores, porque ninguém é de ferro. 🙂 Continuando com o rumo inesperado que esta Copa tomou, dando chances a times nunca antes respeitados ou conhecidos internacionalmente, asssentando o futebol como um esporte popular para o povo americano, que hoje se concentra em 20 mil pessoas na cidade de Salvador para acompanhar de perto a disputa contra a Bélgica.

A cada vez que ouço nosso hino, luto comigo mesma pra não cair nas lágrimas, tamanha a beleza de seu texto, gigante pela própria natureza, és belo, és forte, impávido colosso. E se o teu futuro espelha esta grandeza. Terra adorada, entre outras mil és tu, Brasil, ó patria amada. Dos filhos deste solo és mãe gentil, pátria amada, Brasil.

Sim, nascemos neste canto do mundo, resultado da peregrinação e miscigenação de muitas outras nacionalidades pelo mundo. Temos uma ascendência tão diversa e ao mesmo tempo tão desconhecida. Temos a oportunidade de nos reconhecer como brasileiros, e, ao mesmo tempo, também como cidadãos do mundo. Respeitando a nós próprios, e valorizando aquilo que temos de melhor, valorizamos o outro e nos reconhecemos em conjunto, pois somos todos UM. O ar que eu expiro é aquele que você inspira, e vice-versa.

Hoje estou escrevendo no comecinho da partida Bélgica x USA, usando o laptop do meu marido porque o meu, infelizmente, pifou de uma hora pra outra. Agora ele vai ter que ir para o conserto para tentar salvar muita coisa importante que está no momento entre bits e bytes do disco rígido dessa maquininha louca e mágica, que nos permite produzir, ganhar e correr o risco de perder tanta coisa neste mundo digital… Posso tomar como base de comparação o exemplo da Alemanha depois da Copa que aconteceu aqui em 2006, depois do qual o país se tornou um dos mais cobiçados destinos turísticos no mundo – e com razão. Acabo de terminar uma sessão de coaching de carreira bem sucedida, e volto a afirmar, com grande certeza do significado econômico, social e cultural de minhas palavras: o Brasil já ganhou – e muito – com esta Copa! O mundo também! 🙂

P.S.-Se tiver curiosidade, leia o texto que escrevi sobre a Copa na Alemanha em 2006 aqui. Aqui outra visão de fora da Eve, do blog “Rindo de Mim Comigo”, também sobre a Copa vista de Berlim.

::Reportagem da Veja sobre o Sarrazin::

24/10/2010

Em anexo uma reportagem da Veja sobre o livro do Thilo Sarrazin que a leitora Talia teve a bondade de escanear e me enviar por e-mail. Obrigada, Talia! Notem bem no finalzinho um detalhe interessante sobre a ironia do significado do sobrenome Sarrazin, que vem do árabe e significa “muçulmano”…. E quem é que ele combate mesmo? Isso está me cheirando a Hitler!…

Boa semana!

Fonte: reportagem “Uma tese perigosa”, edição da Veja de 15/09/10.

::Migração na Alemanha e Preconceito contra Estrangeiros::

17/10/2010

As últimas afirmativas do Sarrazin, Seehofer e até da Angela Merkel têm me deixado preocupada. Resolveram colocar a grande ovelha negra da nação, os estrangeiros, novamente em debate, depois do lançamento do livro Deutschland schafft sich ab: Wie wir unser Land aufs Spiel setzen(A Alemanha está acabando consigo própria: como estamos colocando nosso país em risco) e visivelmente pra voltar a atenção da população pra um assunto comum, incomodante, e tirá-la de outros assuntos que significariam uma crítica direta ao governo (p.ex. Stuttgart 21, insatisfação com relação às decisões tomadas pelo governo, etc.). Enquanto o Sarrazin defende que as diferentes “raças” têm, segundo ele, um nível diferente de inteligência e mete o pau nos muçulmanos por seu QI, em sua opinião, inferior, o Seehofer e a Merkel afirmam que a multiculturalidade na Alemanha está falida. Que decepção! Enquanto muitas pessoas participam da discussão sem conhecer fatos, separei aqui e aqui dois grupos de informação importantes e atuais reunidos pela revista “Der Spiegel” pra quem quiser opinar com base na realidade atual: dados sobre o estudo do “Friedrich-Ebert-Stiftung” (que mostra, dentre outros resultados assustadores, que 1/4 da população é contra estrangeiros no país e uma a cada 10 pessoas queria novamente um “Führer” que colocasse a casa em ordem), além de dados sobre a migração na Alemanha, que comprova que atualmente o país está perdendo mais pessoas para o exterior do que recebendo estrangeiros aqui, considerando-se os valores totais de emigração e imigração, o que é um fato alarmante para as empresas daqui em busca de pessoal qualificado… Aguardo seus comentários!


%d blogueiros gostam disto: