Anúncios

Posts Tagged ‘cantora’

::A vida é bela – Das Leben ist schön – Sarah Connor::

14/05/2018

Pra falar a verdade eu particularmente não gostava muito dessa cantora alemã, a Sarah Connor, por um lado porque até 2015 ela cantava só em inglês, por outro porque achava que suas músicas eram só um pop leve, sem muita profundidade. Mas em 2015 ela começou a cantar em alemão e a coisa mudou de figura pra mim. Constatei que ela, além de ser uma cantora pop, mãe de 4 filhos, tem uma voz maravilhosa, profunda e parece ser uma pessoa de muito bom coração.

Eu li, surpresa, que ela acolheu uma família síria em 2015 durante seis meses, uma mãe com cinco filhos. Um grande ato de solidariedade! Naquela época, ela disse:

“Entendo que não é todo mundo que pode ou quer acolher um refugiado em sua casa. Porém, há algo que todo mundo pode dar, sem ter medo de que possa lhes ser tomado: um pouco de calor, proximidade, consolo e amor.”

“Ich kann verstehen, dass nicht jeder Flüchtlinge bei sich aufnehmen kann oder will”, schreibt sie. Es gebe allerdings etwas, was jeder Mensch geben könne, ohne fürchten zu müssen, dass ihm etwas weggenommen werde: “Ein bisschen Wärme, Nähe, Trost und Liebe”.

Com vocês, Sarah Connor em um exemplo de como pode cantar lindamente em alemão:

Fonte: artigo do jornal Süddeutsche Zeitung de 15/10/15.

::Wem gehört die Welt – De quem é o mundo::

05/05/2018

Queria apresentar uma das maiores cantoras alemãs de todos os tempos, na minha humilde opinião. Ela não só é linda, como tem uma voz maravilhosa e ainda nos presenteia com músicas que fazem pensar, como no caso da música abaixo. De quem é o mundo? A qualidade da música não é das melhores, mas vale a pena dar uma chegadinha no Spotify e baixá-la, tendo um som puro e lindo de se ouvir!

Aqui nesta música ela conta sobre dois casos de preconceito e prega a mudança da sociedade, porque o tempo não pára e nada fica como sempre foi. Quem ficar curioso, é só pedir e eu faço a tradução, ok? Com vocês, uma alegria de ouvir, Joy Delanane:

::Sing meinen Song: Andreas Burani & Yvonne Catterfeld::

01/05/2018

Assistindo a um programa de tevê legal chamado Sing meinen Song (Cante minha Música), onde um cantor canta a música de outro…

Há muitos momentos na vida da gente onde não sabemos mais para onde ir… Nem como avançar… Nem se conseguimos ficar, se vamos conseguir sobreviver ao próximo dia… Essas fases na vida são super difíceis e muitas vezes temos vontade de desistir. Eu já passei por fases assim, talvez você também… Nesses momentos precisamos de um apoio, de um empurrão, de um abraço imaginário ou de uma cama de nuvens onde possamos nos deitar e esperar até o pior passar. Acho que é isso o que o Andreas Burani, um grande talento da música alemã, tentou passar nessa música, interpretada abaixo pela Yvonne Catterfeld, que traduzi de forma bem livre logo abaixo:

Wenn das Leben grad zu allem schweigt
Dir noch eine Antwort schuldig bleibt
Dir nichts anderes zuzurufen scheint als nein
Es geht vorbei

Wenn der Sinn von allem sich nicht zeigt
Sich tarnt bis zur Unkenntlichkeit
Wenn etwas hilft mit Sicherheit, dann Zeit
Es geht vorbei, es geht vorbei

Hey
Sei nicht so hart zu dir selbst
Es ist OK wenn du fällst
Auch wenn alles zerbricht
Geht es weiter für dich

Hey
Sei nicht so hart zu dir selbst
Auch wenn dich gar nichts mehr hält
Du brauchst nur weiter zu gehen
Komm nicht auf Scherben zum Stehen

Wo!

Wenn die Angst dich in die Enge treibt
Es fürs Gegenhalten nicht mehr reicht
Du es einfach grad nicht besser weißt
Dann sei
Es geht vorbei
Es geht vorbei

Wenn jeder Tag dem andern gleicht
Und ein Feuer der Gewohnheit weicht
Wenn lieben grade kämpfen heißt
Dann bleib
Es geht vorbei
Es geht vorbei

Hey
Sei nicht so hart zu dir selbst
Es ist ok wenn du fällst
Auch wenn alles zerbricht
Geht es weiter für dich

Hey
Sei nicht so hart zu dir selbst
Auch wenn dich gar nichts mehr hält
Du brauchst nur weiter zu gehen
Komm nicht auf Scherben zum Stehen

Hey…

Quando a vida silencia para tudo

E fica devendo uma resposta

Parece que não diz nada mais além de um não

Isso vai passar

Quando não dá para perceber o sentido das coisas

E ele fica disfarçado até o infinito

Se há algo que ajuda com certeza, é o tempo

Isso vai passar, isso vai passar

Ei,

Não seja tão duro com você mesmo

Está tudo bem quando você cai

Mesmo que tudo se despedaçar

As coisas vão continuar acontecendo

Ei,

Não seja tão duro com você mesmo

Mesmo que nada mais segure você

Você só precisa persistir

Não fique parado em cima dos cacos

Onde!

Quando o medo paralisar você

E não der mais para resistir

Quando você simplesmente não souber mais o que fazer

Então pense

Que vai passar

Que vai passar

 

Quando todo dia parece ser igual ao outro

E um fogo afasta a rotina

Quando o amor significar lutar

Então fique

Vai passar

Vai passar

 

Ei,

Não seja tão duro com você mesmo

Está tudo bem se você cair

Mesmo se tudo se despedaçar

A vida continua

Ei,

Não seja tão duro com você mesmo

Mesmo que nade mais o segure

Você só precisa persistir

Não fique parado em cima dos cacos

Ei…

::Reise (Ich war hier) – Viagem (Eu estive aqui) – Da série “aprenda alemão cantando”::

12/10/2015

Tradução minha em português abaixo da letra em alemão

Reise (ich war hier) – Miss Platnum

Die Wände beben,
vom donnern der Gleise
Ich spring auf den Zug
lass’ die Weichen entscheiden

Land und Himmel
verschwimmen zu einem
an mir zieh’n Vögel
ich an ihnen vorbei

Ich brauch nichts mehr
in Worte zu fassen
ich streck’ die Arme aus, ich bin…

REFRAIN
Ich bin auf der Reise
um zu beweisen,
dass es stimmt
Dass nach dem Schließen der Kreise
etwas Neues beginnt
Schreib’ mit Kreide auf Steine und Beton
Ich war hier, ich war hier
Ich bin auf der Reise
bis mein Name verschwimmt

Mein altes Ich beginnt zu verblassen
Kein Plan, bin auf dem Weg loszulassen
Das Chaos ist einfach perfekt
Hab’ wie Kolumbus eine Welt neu entdeckt
Verlier’ die Angst, wie einen alten Schlüssel
ich streck’ die Arme aus, ich bin…

REFRAIN

Es ist an der Zeit, die Zeit loszulassen
Den Schlaf loszulassen
auf dem Weg nach Haus’
An der Zeit sich mit Neuem zu befassen
alles zuzulassen auf dem Weg

REFRAIN

°°

Viagem (Eu estive aqui) – Miss Platnum

As paredes estão tremendo
Por causa do trovejar dos trilhos
Eu pulo no trem
Deixo as vias tomarem as decisões

Terra e céu
Se misturam
Pássaros passam por mim
E eu por eles

Eu não preciso de
Explicar nada mais em palavras
Eu abro os braços, eu…

REFRÃO
Eu estou viajando
Pra provar
Que é verdade
Que depois que o círculo se fecha
Algo novo começa
Eu escrevo com giz na pedra e no concreto
Eu estive aqui, eu estive aqui
Eu estou viajando
Até que meu nome desapareça

O meu velho „eu” está deixando de existir
Estou sem planos, estou no caminho de deixar coisas pra trás
O caos está perfeito
Descobri como Colombo um novo mundo
Estou perdendo o medo, como uma chave velha
Eu abro os braços, eu…

REFRÃO

Chegou a hora, de deixar o tempo pra trás
Deixar o sono pra trás
No caminho pra casa
Chegou a hora de se ocupar com o novo
Aceitar tudo durante o caminho

REFRÃO

::Sununga – Bê Ignacio::

29/08/2013

A , cantora paulista que mora bem pertinho daqui de casa, também aqui no Bodensee, tá bombando aqui nas Zoropa com a música Sununga! 🙂 Muito sucesso, Bê!!!

::Relembrando… viagens da Mineirinha::

11/05/2011

Tarde, mas não tarde demais, divulgo abaixo o único vídeo que foi feito durante a apresentação do livro Mineirinha n’Alemanha na Facudade de Letras da UFMG em Belo Horizonte, que aconteceu em agosto de 2010. Espero que gostem!

E porque vale a pena relembrar, abaixo o vídeo da cantora Valéria Dennin, brasileira que mora aqui na Alemanha, cantando a música “Sauerkraut com Feijão” pouco antes da apresentação/leitura do meu livro em Munique:

::Ganhei meu dia::

10/11/2010

Ganhei meu dia por várias razões. Na loja, tudo bem, hoje foi o lançamento do Kinect e fico maravilhada com o avanço da técnica. Inventaram um jogo que não precisa de mais nada além do seu corpo (e em breve da sua voz) pra funcionar. Incrível! Já pensou, daqui a pouco vou poder voltar a dançar com frequência, como dançava quando mais jovem e, de quebra, ainda fazer algo de bom pra minha saúde. Mal posso esperar, porque eu e qualquer tipo de esporte definitivamente não combinamos e eu deveria voltar a mexer meu esqueleto!

Update em 11.11.2010: O jogo chegou hoje e é demais, adorei e vou querer continuar dançando!!!

Pra melhorar ainda mais meu dia, recebemos visita de uma grande amiga, que passou o dia conosco na XGames e fez nosso dia ficar mais bonito. Obrigada, Ceci! E por falar em XGames, a partir de agora meu livrinho pode ser comprado também por lá! Chegando em casa, tive um papo bem legal com minha filha, e tudo vai bem. Ah, e quanto já achava que o dia estava ótimo, ainda descobri por acaso a cantora Giana Viscardi na LastFM, quer mais? Olha, isso aqui tá muito bom, isso aqui tá bom demais! Que delícia de música, adoro encontrar dignos representantes da nossa linda música brasileira rodando por aí. Ela não é um charme só? 🙂 E olha que ela estará fazendo uma turnê aqui na Alemanha em março do ano que vem. Tomara que até lá ela marque algum concerto aqui mais pro sul, pois adoraria conhecer sua arte de perto!

::A Copa começou hoje na Alemanha::

30/05/2010

Porque a Lena, a recém-cantora de 19 anos acaba de ganhar um concurso musical europeu chamado Eurovision, a Copa do Mundo parece já ter começado hoje na Alemanha.

Lena Meyer-Landrut começou sua carreira em outubro de 2009, quando o apresentador Stefan Raab estava procurando por um representante para o país no concurso Eurovision através do programa “Ein Star für Oslo” (Uma estrela para Oslo). Desde ela que ganhou o concurso dentro da Alemanha, o país caiu literalmente numa febre pela cantora. Sua música “Satellite” ficou conhecida do dia para a noite, passou a tocar com grande frequência nas rádios e programas de TV do país. Estava claro que as pessoas aqui tinham achado um novo ídolo. Ela tinha sido escolhida pelo próprio público no concurso do qual participaram inicialmente 4.500 cantores. Um dia depois de ter tirado o 1° lugar no “Ein Star für Oslo“, sua música Satellite já estava também em 1° lugar em downloads no iTunes e Musicload e já foi vendida 700.000 vezes até agora. Muitos afirmaram que a música era um “Ohrwurm“, quer dizer, uma música que se houve uma vez e que fica na cabeça das pessoas. Em todo lugar, também na mídia escrita, só dava Lena. No começo deste mês ela gravou um CD chamado “<a href="My Cassette Player“>My Cassette Player“, que já ocupa atualmente o 1° lugar no país, e antes ainda fez as provas finais para terminar seu “Abitur” (o 2° grau ginasial da Alemanha). Agora, com o Eurovision, ela parece ter uma carreira européia pela frente.

O “Eurovision Song Contest” existe desde 1956 os votos são resultado de 50% da decisão de um juri de 5 pessoas dos países participantes e 50% do voto do público dos países, sendo que pessoas de um país só podem votar para outros países e não para si próprias. Lena foi para Oslo para se apresentar perante 120 milhões de europeus e sabia que a última vez que a Alemanha havia ganhado no concurso tinha sido em 1982, há 28 anos atrás.

Apesar da Lena ser uma pessoa natural e ter uma voz legal e uma pronúncia bonita em inglês, além de se vestir de modo simples, sem tentar se vender por seus dotes externos, eu não estava entendendo o alvoroço todo em volta da menina dela até que meu marido veio me contar que montaram hoje em várias cidades alemãs lugares com “Public Viewing“, como nos jogos da Copa, para as pessoas acompanharem o desenrolar do concurso em Oslo. Neste momento entendi que o “efeito Lena” tem a haver com o processo de retomada do orgulho nacionalista positivo dos alemães, tem a haver com o prazer da Alemanha estar concorrendo internacionalmente e das pessoas se identificarem com a representante do país, como na última Copa aqui em 2006, como já tinha descrito no meu livro. Agora caiu a ficha! Talvez as pessoas a achem uma boa representante da juventude alemã. Assim como a Alemanha já a tinha achado ótima, ela chegou hoje ao 1° lugar como “Lovely Lena” e o concurso europeu “Eurovision” foi festejado por aqui como um final de campeonato nacional de futebol. Meu marido ficou todo emocionado e disse que em alguns anos as pessoas conversarão aqui umas com as outras e vão querer saber o que estavam fazendo na noite em que a Lena ganhou o concurso “Eurovision”, assim como no dia em que Ayrton Senna morreu ou quando a Lady Di se casou. A outra parte incrível fica por parte da internet, como sempre. O show mal acabou e a Wikipedia, assim como a página oficial da cantora, já foram atualizadas! A velocidade em que as informações são colocadas à disposição do público em geral ainda me espanta. As fotos daqui são de lá, inclusive uma tirada hoje, do “Public Viewing” em Hannover. Para terem uma ideia da dimensão da festa, ela era composta por muitas mil pessoas e foi fechada, depois de muitas apresentações ao vivo de bandas alemãs e da Suíça, por uma apresentação ao vivo do cantor belga Stromae.

Parece ser um momento histórico, que significa muito mais do que um mero concurso musical, e faz parte de um processo positivo de ganho de identidade cultural. Afirmaram na tevê de brincadeira que a cidade onde Lena mora, Hannover, se chama a partir de hoje “Lena City”. E amanhã à tarde, quando ela chegar de volta ao país, a festa continua…

::Falaram da gente::

07/04/2010

A Isabella, cantora mineira, encomendou meu livro e deixou no blog dela um comentário super carinhoso sobre o “Mineirinha n’Alemanha”. Confiram aqui.

::Show “Mistura Natural” – Betina Ignacio::

12/09/2009

Estou ajudando a divulgar o show “Mistura Natural” da Betina Ignacio, uma cantora brasileira que mora em uma cidade bem pertinho aqui na Alemanha. Sugiro que dêem uma olhadinha no site da cantora. Se quiserem ouvir um pouco da música dela, é só clicar aqui.

A Bê estará apresentando seu novo CD em diversas cidades da Alemanha:

13.09.09 München – Black Box im Gasteig
15.09.09 Konstanz – K9 (vou estar lá!)
16.09.09 Ravensburg – Kantine
18.09.09 Karlsruhe – Tempel
20.09.09 Basel – Kuppel
23.09.09 Bremen – Illuminee
24.09.09 Hamburg – stageclub
25.09.09 Berlin – Maschinenhaus
26.09.09 Erlangen – E-Werk
15.10.09 Freiburg – Waldsee
17.10.09 Tübingen – Hauptbahnhof
18.10.09 Rottweil – Badhaus
22.10.09 Frankfurt – Jazzkeller
23.10.09 Essen – Katakombentheater


%d blogueiros gostam disto: