Anúncios

::Die Heimat eines Ausländers – A pátria de um estrangeiro::

(Tradução em português em seguida)

Die Heimat eines Ausländers
ist nicht hier
ist nicht dort

Sie ist die Mischung aus Düften,
Tönen, Farben,
Geschmacksrichtungen (…)
Eine interne Auswahl
Vorprogrammierte Software
des Geistes

Wo ist er zu Hause?
Wo er wohnt, nennen wir
seine Wahlheimat
Wo er her kommt
ist heute nicht mehr der Platz,
den er einst verlassen hat

Vermischung von Werten
Lebensweisen
Was richtig oder falsch ist
Einsichtssache

Die Heimat eines Ausländers ist,
und kann nur sein,
in seinem Kopf
oder wenn er Menschen trifft,
die zu seinem Leben gehören,
die ihn verstehen,
die ihn lieben gelernt haben
ob virtuell im Internet
oder im wahren Leben

Die Heimat eines Ausländers
ist nirgendwo
und überall zugleich

Basel, 01.06.12

::::::::

A pátria de um estrangeiro
não é aqui
nem lá

É uma mistura de cheiros,
sons, cores,
gostos (…)
Uma escolha interna
Software já programado
da consciência

Onde ele se sente em casa?
Onde mora, digamos que seja
sua pátria por opção
De onde veio
não é hoje em dia mais o lugar
que um dia ele deixou pra trás

Mistura de valores
Modos de viver
Do que é certo ou errado
Questão de percepção

A pátria de um estrangeiro é,
e só pode ser,
dentro de sua cabeça
ou então quando ele encontra pessoas
que fazem parte de sua vida
que o entendem
que gostam dele como é
quer seja virtualmente na internet
ou na vida real

A pátria de um estrangeiro
não é em lugar nenhum
e em todos os lugares ao mesmo tempo

Basiléia, 01/06/12

Anúncios

Tags: , , ,

8 Respostas to “::Die Heimat eines Ausländers – A pátria de um estrangeiro::”

  1. Lores Says:

    Nossa, Sandra! Que lindo!!! É de sua autoria mesmo????? FIquei tão emocionada! Ich stimme dir zu! Nossa Pátria é nossa mente. Nós ex-patriados não pertencemos nem lá e nem cá. É como se existisse uma “terceira” pátria e essa não possui lugar físico. Apenas habita nosso coração e mente! 🙂

  2. Lores Says:

    Gostei muito mesmo! Tenho certeza que minhas amigas ex-patriadas que moram em CIngapura, Austrália, ah, enfim, ex-patriadas vão gostar muito também! Posso divulgar pelo seu Blog??? 😀

  3. Lores Says:

    Disfarça que ó agora eu vi ali um link p/ share no facebook hehehe. Vou usar ele! 😉

  4. Luma Rosa (@Luzdeluma) Says:

    Uau!! Que beleza! A pátria é um sentimento que carregamos para onde vamos. Como a casa de uma tartaruga!! 🙂 Parabéns pela inteligencia e sensibilidade!! Beijus,

  5. Helvia Says:

    É assim que eu também me sinto.
    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: