Anúncios

::Preconceito no mercado de trabalho::

Aqui na Alemanha há, em geral, muito preconceito no mercado de trabalho. As empresas geralmente querem empregados prontos, com bons estudos, muitos anos de experiência profissional, de preferência também no exterior, que sejam jovens, saudáveis, versáteis… a lista não acaba! Uma verade: elas preferem sim contratar alemães. Mas é claro que num ambiente empresarial as decisões são tomadas por pessoas, que vão se guiar por suas crenças e exigências organizacionais. Se a exigência for encontrar um profissional com determinado perfil, e a pessoa escolhida for um estrangeiro, lógico que a empresa não vai pensar duas vezes para contratá-lo.

O que resta aos que estão tentando um lugar ao sol é sempre tentar perguntar o que não foi do agrado do entrevistador em uma entrevista pessoal, nunca deixar a peteca cair, não perder a auto-estima jamais e sempre acreditar em si próprio. É preciso lembrar também que o mercado de trabalho está passando por uma transformação imensa no momento, e a tendência é vivermos de projeto para projeto e cada vez menos empregados com carteira assinada. Então é necessário ser flexível nesta hora, encontrar sua marca pessoal (que pode ser desenvolvida juntamente comigo) e acreditar nela.

A questão da diversidade, inserida no contexto empresarial, também é realidade também no Brasil, conforme texto a seguir:

°°°

Barrados por terem idade demais, barrados por não terem experiência, recusados pelo critério burocrático de idade máxima de 35 anos, milhões de brasileiros estão neste momento cumprindo a mesma rotina: acordar de manhã, pesquisar os empregos, mandar currículos, aguardar ansiosamente resposta, se animar com alguma possibilidade de entrevista e ouvir do recrutador que seu perfil não é o que a empresa quer. Isso vai demolindo a autoconfiança e eles começam a achar que fizeram a escolha errada, ou têm algum problema que não perceberam.

Não há nada de errado com esses brasileiros. Nas muitas respostas que recebemos o que fica claro é que a empresa faz exigências descabidas, constrói barreiras desprovidas de sentido.
Conversamos com os departamentos de pessoal de algumas empresas. O grupo Randon disse que tem 500 vagas em diversas áreas, 5% de engenharia e nível técnico que estão há 80 dias sem preenchimento. O cenário é o mesmo na Atlas Schindler, onde a convicção é que faltam técnicos no Brasil. A mesma queixa ouvimos na Fosfértil. Um mês atrás fizemos a mesma busca em vários setores e ouvimos as mesmas queixas.
O país está crescendo, o mercado de trabalho está dinâmico, essa é a hora de as empresas abrirem suas portas, sem preconceitos. Hoje, já se sabe que a diversidade é elemento essencial para a formação de uma boa equipe. O Brasil está reclamando de apagão de mão de obra com oito milhões de desempregados.

Fonte: Coluna no Globo de 30/05/10, artigo “Barrados na Porta” de autoria de Míriam Leitão.

Tags: , , , , ,

7 Respostas to “::Preconceito no mercado de trabalho::”

  1. ::Preconceito no mercado de trabalho:: | rssBrasil.com Says:

    […] https://mineirinhanalemanha.wordpress.com/2010/06/12/preconceito-no-mercado-de-trabalho/ […]

  2. Eve Says:

    Eu que estou começando a pesquisar sobre empregos aqui na Alemanha, já tenho muitas dúvidas e questionamentos… Pior será quando começar mesmo a procurar. 😉

    Mas, para tudo, tenho a Sandra pra ajudar. rs

    bjs

  3. mary Says:

    Ainda bem que vc nos mantem informados.

  4. Meggi Fechter Says:

    E realmente o mercado esta cada vez mais exigente!
    Mas as Firmas nao querem pagar o que o mercado pede!
    moderno hoje em dia sao as Firmas tercerizadas !!
    E decaiu o valor Humano uma pena mas Real !!!
    Bjkos Sandra e bom finalzinho de semana..

    • Sandra Santos Says:

      Oi Meggi,
      O mercado está sofrendo muitas mudancas num espaco mínimo de tempo, e a mao-de-obra tem que saber se dar valor também, nao se vendendo por muito pouco. É mesmo um “toma-lá-dá-cá”, onde as empresas tem naturalmente a forca maior, mas o empregado continua devendo reconhecer seu valor.
      Um beijo,
      Sandra

  5. Alessandra Says:

    Olá,
    isso é muito triste mesmo, porque por um lado as empresas estão certas de exigirem qualidade, mas por outro, a qualidade é adquirida com prática e essas empresas perdem a chance de moldar seu empregado.
    Eu estou assim, procurando, como milhões de brasileiros, mas como minha área (jurídica) permite, também estou estudando para concursos, infelizmente em nosso país essa talvez seja a melhor opção.
    Bom domingo. 🙂

    • Sandra Santos Says:

      Oi Alessandra,
      Independentemente de onde quer que estejamos, acredito que seja mesmo muito importante nunca perder o foco, pois se nao acreditamos em nós mesmos, quem nos dará crédito, nao é mesmo?
      Boa sorte na procura por trabalho e também na preparacao para concursos.
      Um beijo,
      Sandra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: